[18-Nov-2017 06:18:08 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/woocommerce.php on line 19 [18-Nov-2017 10:02:05 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/jwplayer.php on line 7 [18-Nov-2017 12:33:39 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/woocommerce.php on line 19 [18-Nov-2017 14:55:50 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/acf.php on line 8 [18-Nov-2017 14:57:50 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/gravity_forms.php on line 8 [18-Nov-2017 14:58:53 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/revslider.php on line 7 [18-Nov-2017 16:54:07 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/ninja_forms.php on line 8 [18-Nov-2017 18:09:56 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/layerslider.php on line 7 [18-Nov-2017 23:45:41 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/mqtranslate.php on line 7 [20-Nov-2017 16:18:00 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/ninja_forms.php on line 8 [21-Nov-2017 13:15:57 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vendors/qtranslate.php on line 7 [18-Nov-2017 20:41:27 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_filter() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vc-pages/automapper.php on line 21 [18-Nov-2017 23:43:52 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vc-pages/settings-tabs.php on line 27 [18-Nov-2017 23:46:37 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vc-pages/pages.php on line 54 [18-Nov-2017 23:47:41 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vc-pages/page-design-options.php on line 8 [21-Nov-2017 08:12:49 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vc-pages/welcome-screen.php on line 46 [21-Nov-2017 17:03:18 America/New_York] PHP Fatal error: Call to undefined function add_action() in /home/vertexdigitalcom/public_html/wp-content/plugins/js_composer/include/autoload/vc-pages/welcome-screen.php on line 46 Processador ideal para trabalhos de arquitetura - Vertex Digital

Our Blog

Processador ideal para trabalhos de arquitetura


nucleos

Em relação aos estudantes e profissionais da área de arquitetura que estão começando a trabalhar com 3D ou que já trabalham há algum tempo e estão trocando de computador, temos reparado que muitos têm se equivocado na hora da compra principalmente por não terem certa familiaridade com as especificações técnicas da máquina. O fator determinante para a compra tem sido ainda o preço. “Se o preço estiver bom, eu levo!”. Outros têm preferido a estética em detrimento do desempenho, optando por comprar computadores do tipo “all-in-one” sem prestarem atenção novamente nas especificações técnicas, e até pagando mais caro por baixa performance. A primeira coisa a se levar em conta é o processador. Mesmo que um i7 seja mais caro que um i5, ainda sim o custo/benefício é maior porque hoje em dia, tempo é dinheiro!

Em termos técnicos, um processador é composto de um chip de silício e é responsável pela execução das tarefas no computador. O programa (software) no qual o usuário está trabalhando envia uma série de instruções que o processador deve executar para a realização da tarefa solicitada. Atualmente, os processadores contam com um número maior de núcleos (multi-core) em vez de um (single-core). Core significa núcleo. Um processador de 4 núcleos por exemplo, pode lidar com um processo para cada núcleo. Processo, por definição, é um programa em execução. Se cada núcleo executa um programa apenas, como é possível ter vários programas abertos ao mesmo tempo? Na verdade, o processador dedica intervalos de tempo na hora de executar as tarefas e isso ocorre tão rapidamente que temos a impressão de que são vários programas rodando ao mesmo tempo. Este tipo de arquitetura tem dado certo que até os processadores dos smartphones estão sendo fabricados desta forma, com vários núcleos e no mercado dispomos de modelos quad-core a octa-core.

E é nessa hora que a maioria patina na hora de comprar um computador de configurações mais parrudas para trabalhos pesados como os de renderização de maquetes eletrônicas. Só comprar um i7 não é suficiente, é preciso ficar atento ao número de núcleos, pois existem modelos de 2 núcleos sendo vendidos, além dos modelos de 4 núcleos. Metaforicamente, os núcleos seriam como os atendentes de caixa do banco ou supermercado e a fila de clientes as tarefas a serem executadas. Qual fila andaria mais rápida, a do banco/supermercado com 2 atendentes ou o que tem 4 atendentes? Já imaginamos como vai ser. Claro que quanto mais núcleos melhor! Uma ressalva importante deve ser feita em relação aos processadores da AMD de vários núcleos (até mais que os da Intel) mas com desempenho bem abaixo dos processadores da concorrente. A empresa até sofreu processos por causa da propaganda enganosa, prometendo muitos núcleos no processador mas com desempenho pífio e ainda por cima, causando super-aquecimento virando até piada entre os usuários. A AMD teve que refazer o projeto do zero dos seus novos processadores e lançou recentemente a linha Ryzen que tem tido bons resultados.

Sendo assim, é necessário este tipo de critério ao comprar um micro/notebook i7. Reparamos que a maioria que compra i7 está pegando os modelos de 2 núcleos apenas. Na hora da renderização, ela demora mais que um i7 de 4 núcleos. Pode-se dizer que é um “dual-core” em vez de quad-core. Nas lojas virtuais não vêm a especificação da quantidade de núcleos. Portanto, deve-se pegar o número do modelo do processador e ir até o site da Intel para ter certeza das especificações. Uma outra coisa também para quem usa o V-Ray para renderizar suas maquetes. Neste link, podemos obter os comparativos de desempenho para cada modelo de processador: https://benchmark.chaosgroup.com/cpu. Até a próxima!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *